Categorias
Education for Sustainable Development Higher Education Integral Human Development Laudato Si' goals Sustainable development Sustainable development goals world peace

The spiritual dimension for more sustainable behaviours in higher education institutions

A dimensão espiritual na promoção de comportamentos sustentáveis nas instituições de ensino superior 


A criatividade surge como a resposta das diferentes instituições de ensino superior ao desafio lançado pelas Nações Unidas e pela Laudato Si’…. Assente numa mudança pedagógica mais holística que considera não só competências técnicas, mas também a promoção de competências internas e transversais, pretendem o desenvolvimento sustentável incluindo a interação entre o self, o micro e o macrossistema.


As novas formas da relação do indivíduo com a natureza têm despertado no interesse quer no âmbito dos discursos, bem como nas várias práticas de desenvolvimento sustentável. Como exemplos, assinalam-se o Movimento Nova Era (de ordem espiritual) e os objetivos Laudato Si’ (de ordem religiosa) nesta dinâmica.

Assim, conscientes da importância de levar a Ciência para fora da Academia, este post resulta das múltiplas reflexões realizadas num trabalho apresentado no âmbito da 4.ª Conferência Campus Sustentável.

Quando nos referimos a instituições religiosas, o Papa Francisco destaca-se como uma influente Voz no apelo pela proteção do planeta – a nossa casa comum – para o alcance de um desenvolvimento sustentável e integral. Através de uma mensagem inquietante, mas encorajadora, revela que todos juntos (família humana), independentemente de ideais ou religiões, devem colaborar em prol da construção da casa comum.

Segundo Singh e Judith Steinau-Clark (2016), uma nova parceria global para a implementação da Agenda 2030 só é possível se as religiões estiverem envolvidas. Assim, a importância das principais religiões – Fé Bahá’í, Budismo, Cristianismo, Confucionismo, Daoísmo, Hinduísmo, Tradições indígenas, Islão e o Judaísmo – são uma forma a responder aos pilares dos objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS), em prol da paz universal e da erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões.

São vários os estudos que reportam a necessidade de investigar como a religião e a espiritualidade antecedem comportamentos e atitudes sustentáveis, e o alcance dos ODS (e.g. Hedlund-de Witt, 2011; Burford, et al., 2013; Lves & Kidwell, 2019; Lves et al., 2020; Muñoz-García, Lestar & Böhm, 2020; Villena-Martínez, 2020).

Assim, torna-se crucial explorar se a resposta ao desenvolvimento sustentável pode/ deve ser sustentada em iniciativas e práticas de governança do ensino superior, assentes em valores como a compaixão, a empatia e a generosidade. Importa entender como o maior conhecimento interior de cada indivíduo molda comportamentos mais integradores do meio, levando à melhoria de sistemas sociais.

Considerando estudos prévios com revisão da literatura que sustenta a importância da dimensão espiritual e do conhecimento interior de cada indivíduo para a mudança de mentalidades, foi explorada a educação para a espiritualidade ecológica, preconizada pelo Papa Francisco (Francisco, 2015) e a ecoespiritualidade (Lestar e Böhm, 2020), já que pode servir de desenvolvimento para uma maior consciência ética e espiritual para a sustentabilidade em instituições de ensino superior.

A criatividade surge como a resposta das diferentes instituições de ensino superior ao desafio lançado pelas Nações Unidas e pela Laudato Si’, alicerçada nos pressupostos que aqui se apresentam. Assente numa mudança pedagógica mais holística que considera não só competências técnicas, mas também a promoção de competências internas e transversais, pretendem o desenvolvimento sustentável incluindo a interação entre o self, o micro e o macrossistema.

Como agir? As propostas de iniciativa:

Embora universais, mas aplicadas em contexto específico do ensino superior, apresentamos iniciativas inspiradas na dimensão espiritual do desenvolvimento humano, que contribuem para mudança de mentalidades em prol de comportamentos mais humanizados e sustentáveis.

A dimensão espiritual na transição para comportamentos mais sustentáveis na extensão das instituições de ensino superior
Apontar para um estilo de vida diferente Desenvolvimento de iniciativas que promovam a adoção de estilos de vida sustentáveis junto da comunidade académica e no âmbito das suas atividades nos diferentes campi.
Educar para uma aliança entre a humanidade e o ambiente Promover na comunidade académica competências para a educação ambiental, para a ética ecológica, para o desenvolvimento sustentável, para a ecologia integral e para os objetivos de desenvolvimento sustentável.
Conversão ecológica Dinamização de Focos de Conversão Ecológica junto de toda a comunidade académica.
Alegria e paz Fomentar a Sobriedade e a Humildade através da música, da arte, do contacto com a natureza e na meditação.
Amor civil e político Fomentar a Fraternidade Universal baseada no amor à sociedade e ao compromisso pelo bem comum (plano político, económico e cultural).

Adaptado da Encíclica Laudato si’ (Francisco, 2015)

 

Numa sociedade em que o ter é cada vez mais predominante, a educação, em particular o ensino superior, deve dar o exemplo através de práticas, na linha do que defendem Schumacher (1974) e o Papa Francisco (2015). Sob o mote “small, is beautifull”, as iniciativas propostas pela Encíclica Laudato si’ pode constituir uma realidade a adotar pelas instituições de ensino através de uma estratégia top-down, continuada através de uma abordagem bottom-up.

Os passos futuros devem ser baseados em estudos empíricos alavancados na perspetiva da ecoespiritualidade (Lestar e Böhm, 2020), que sustentem a mudança para fatores internos e sociais, em vez de foco central nas especificidades técnicas para estudar o papel da espiritualidade neste contexto.

Será necessário identificar as lições aprendidas que, cada vez mais, inspiram esta atitude sustentável.

 

Referências

Aleixo, A. M., Leal, S. & Mano, M. (2022). The Spiritual dimension in the transition to more sustainable behaviors in the extension of higher education institutions [Poster]. Poster apresentado na 4.ª Conferencia Campus Sustentável 2022, Instituto Politécnico de Leiria (Leiria), outubro de 2022, https://ccs2022.ipleiria.pt/sessao-de-posters-3/

Burford, G., Hoover, E., Velasco, I., Janoušková, S., Jimenez, A., Piggot, G., … & Harder, M. K. (2013). Bringing the “missing pillar” into sustainable development goals: Towards intersubjective values-based indicators. Sustainability5(7), 3035-3059

Francisco, Papa (2015). Carta Encíclica: Laudato si’ do Santo Papa Francisco sobre o Cuidado da Casa Comum. Vaticano, Roma, 24 de maio 2015, disponível: https://www.vatican.va/content/francesco/pt/encyclicals/documents/papa-francesco_20150524_enciclica-laudato-si.html, acessível a 27 de fevereiro de 2022

Hedlund-de Witt, A. (2011). The rising culture and worldview of contemporary spirituality: A sociological study of potentials and pitfalls for sustainable development. Ecological Economics70(6), 1057-1065.

Ives, C. D., & Kidwell, J. (2019). Religion and social values for sustainability. Sustainability Science14(5), 1355-1362

Ives, C. D., Freeth, R., & Fischer, J. (2020). Inside-out sustainability: The neglect of inner worlds. Ambio49(1), 208–217. https://doi.org/10.1007/s13280-019-01187-w

Khushwant Singh & Judith Steinau-Clark (eds.), Voices from Religions on Sustainable Development (Bonn: German Federal Ministry for Economic Development and Cooperation [BMZ], 2016), 159 pp. No ISBN. May be ordered from ReligionMatters@giz.de.

Muñoz-García, A., & Villena-Martínez, M. D. (2020). Sustainable Behavior among Spanish University Students in Terms of Dimensions of Religion and Spirituality. Sustainability, 12(2), 470. https://www.mdpi.com/2071-1050/12/2/470

Schumacher, E.F (1973). Small is Beautiful: A Study of Economics as if People Mattered; Blond & Briggs: London, UK, 1973; ISBN 9781446468364.

Tamas Lestar & Steffen Böhm (2020). Ecospirituality and sustainability transitions: agency towards degrowth, Religion, State & Society, 48 (1), 56-73, DOI: 10.1080/09637494.2019.1702410

 


OpenEdition sugere que esta publicação seja citada da seguinte forma:
Ana Marta Aleixo (22 de Novembro de 2022). The spiritual dimension for more sustainable behaviours in higher education institutions. Desenvolvimento Humano Integral. Recuperado em 15 de Julho de 2024 de https://doi.org/10.58079/nkvh


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search